quinta-feira, 11 de outubro de 2012

O que eu gosto



Eu gosto de abraço apertado, de sorriso sincero, de beijo.

Gosto de conhecer pessoas, aprender com elas. Guardá-las no coração.

Eu gosto de plantar girassol e ver pôr-do-Sol.

Gosto de andar descalça, subir em árvores e deitar na grama.

Eu gosto de cantar no chuveiro, andar sem pressa e ouvir segredos.

Gosto do gostar despretensioso.

Eu gosto de você.
cintiafujisawa

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Além de quem


Olham, olham quem com seus olhos vêem além de Alguém.
Ou acham que vêem.
Falam, falam demais alguns outros que crêem saber desse Alguém.
E ainda além.
Disfarçam, reparam e disparam um falso despretensioso, conciso e malicioso comentário do Alguém.
Sobre outros também.
Lêem , lêem tentado entender a quem se refere esses outros, ou esse alguém, pois querem saber de quem foi o último amém, ou arrumar quem esteja aquém desse Alguém pois comentário maldoso irá virar também.


E esse texto vem para quem mantém o costume de reparar em quem tem ou não tem algum vintém ou coisa qualquer e mantém a cara de paisagem como bagagem de uma vida sem passagem para um bom lugar no além.

cintiafujisawa

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Pessoas...


Praticamente todos os dias conheço novas pessoas.

Pensei: "Por que não transformar alguns em novos amigos?"...

Mas como?

Passei a ouvir mais.

Conheci algumas que faziam questão de parecer medíocres, em atitudes e pensamentos.

Pessoas injustas. Pessoas desleais.

Mas também conheci outras que deixaram alguma coisa boa em mim.

Um elo, uma admiração, tornando-se um potencial grande amigo.

Descobri depois que vamos no mesmo sentido e velocidade das pessoas que escolhemos pra estarmos juntos.

E que esse sentido pode ser tanto pra frente quanto pra trás.

Então entendi a importância em escolher bem essas pessoas.

Lembrei da frase "Diga-me com quem tu andas que eu te direi quem és" e pensei que não teria perdurado se não tivesse total fundamento, não é mesmo?

Grande cara esse Jesus que há muito tempo atrás já sabia o que só vim descobrir agora.

cintiafujisawa

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

...


Viajo sem rumo, respiro novidades, vivo em liberdade.

Faço riso, alcanço sonhos, laço o mundo.

Comigo ou contigo,

Eu vivo assim.

cintiafujisawa

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

A mesma chuva...


Eis que lava a alma... Mas veja! Leva vidas...

cintiafujisawa

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Do começo ao fim


Fogos feitos de flores. Amores.

Beijos cheios de jeitos. Efeitos.

Jogos gostosos, desejos. Intensos.

Sonhos finitos, alentos. Desfeitos.

Mares perdendo olhares. Milhares...

cintiafujisawa

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

...


2
0
1
0
.
.
.

Vejo o que as pessoas olham, mas não vêem.
Algumas vêem.
Lembro de fatos imemoráveis; dou valor.
Eu penso que e a vida é curta. E eu curto.
Um abraço, um beijo.

Assim...

Presto atenção nas pessoas, imagino suas vidas, gostos. Eu gosto.
E na estrada da vida colho amigos; enquanto amigos me acolhem.
Nessa vida corrida; surpresas.
Aí... Aqui... Assim... Escrevendo eu me encontro...

...Porque a minha vida é um conto.

cintiafujisawa

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

...

De cima, tudo diferente.

Brilhando, iluminado...

Flores grandes, pequenas, coloridas...

Risos e sorrisos...

Cheiro bom de doce. Vento suave e quente no rosto.

E parecia que eu estava cada vez mais alto...

E então não vi mais nada.

Morri?

Dormi!

Sonhei... Acordei.

cintiafujisawa


terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Você vale muito...


A vida da gente é assim. A gente não pede, mas as coisas acontecem.

Vezes coisas boas, vezes ruins. 50% de chance.

E o nosso ponto de vista decide se a porcentagem pode ser maior. Tanto para as coisas boas, quanto para as ruins.

Ser feliz é excelente, mas...

Sofrer também faz bem. Mas entenda-se... Sofrer UM POUCO faz bem. Um pouco para amadurecermos. Repensar nas atitudes e ver se contribuímos para esse sofrimento.

Mas depois... Depois é hora de levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima! Colocar a melhor roupa e sair. Sem rumo... Sem porquês... Pra lembrar o quanto é bom conhecer pessoas, lugares...

E você decide esse momento...

E que seja o quanto antes...

Porque a vida não pára.

Por isso viva! Muito melhor que curtir fossa é curtir a vida; boa assim, tal qual ela era antes de estar ruim...

E jamais se esqueça:

"Tristeza de VERDADE só tem quem não tem amigos de VERDADE."

...para "A. B." cintiafujisawa

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Alma

Alma acorda e vê a vida recomeçar.Toma um breve café e vai à luta.

São muitas as incertezas, são muitos os incrédulos; mas Alma acredita... Às vezes desanima mas nunca desiste. Dá o seu máximo porque se conhece, sabe que é capaz.

Alma ri, Alma chora, Alma aprende...

Alma luta pra se manter feliz. Volta pra casa com sentimento de missão cumprida, mas sabe que é só o começo e então adormece pra no dia seguinte recomeçar.

Alma...

Minha Alma...

 Parece com a sua Alma?

cintiafujisawa

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Quem guarda, tem...



Querido Papai Noel...

Nesse Natal não me traga nada porque estou acumulando pontos para em 2012 pedir um Porshe.

Ass. Cintia – Cliente Ourocard

Martha


Martha era uma pessoa insatisfeita.

Em casa ela mal respondia o marido. No trabalho sempre se envolvia em conversas que denegriam os demais; por isso estava quase sempre sozinha ou mal acompanhada. Aparentemente ela não se importava com isso.
Os dias de Martha eram sempre iguais, era comum a encontrar reclamando.
Martha tinha uma filha, Alice de 6 a anos. Ela fazia questão de frisar os erros que a pequena cometia.
Se não acompanhasse a sala era burra, se não fizesse o que ela pedia era incompetente e se chegasse perto para pedir carinho era muito fraca e dependente.
Movida por preconceitos, Martha tinha por hábito diminuir pessoas com qualquer posição que ela considerasse inferior à dela. Fazia questão de contar suas conquistas, mas ficava irritada e impaciente quando alguém resolvesse fazer o mesmo.
Ela era possessiva e costumava dizer que era excesso de zelo. Mentia com frequência para poder tirar vantagem de pequenas coisas e para fazer com que as pessoas ficassem ao lado dela.
Um dia sua filha Alice passou mal. Foi internada e ali permaneceu; Martha não entendia. Culpava a Deus por fazê-la sofrer tanto.
Durante um dos tantos dias no hospital Alice piorou muito e pediu para chamar a sua mãe. Alice disse que estava muito fraca e que estava com medo. Ela disse para Martha que queria sair logo do Hospital. Além de outras coisas ela disse também:
“- Eu quero sair daqui porque eu ainda tenho muita coisa para fazer... Eu ainda quero crescer, para um dia ser igual a você.” E naquele dia Alice morreu.

Martha sabia como era e não queria que sua filha fosse igual. E por todos os dias da sua vida se lamentou por isso...

Na vida existem homens e mulheres como Martha. Tem suas vidas perfeitas, mas só conseguem dar valor para as coisas depois que as perdem; sabem que não são pessoas boas mas não se esforçam para ser diferente.
Se esquecem que para ser feliz e fazer outras pessoas felizes nenhum momento é melhor do que agora mesmo... E que agora mesmo pode ser a sua ÚLTIMA chance.

cintiafujisawa

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Pense...

Todos os dias relacionamentos se esvaem, afirmando então motivos clichês.

Sim, eu sei que as pessoas são diferentes, mas uma coisa elas tem em comum; a vontade de fazer o relacionamento dar certo.

Por isso, pra minha vida adoto o meu:

“Guia do Bom Relacionamento”

*Nunca comece um relacionamento enquanto não estiver feliz consigo mesmo (a). Não é justo transferir suas frustrações para a pessoa que estará de coração aberto disposto a dividir uma vida (ou parte dela) com você;

*Nunca se afaste dos seus amigos e cuide pra que o seu (sua) companheiro (a) também não o faça. Não existe relacionamento feliz dentro de uma cúpula de vidro e não se esqueça – homens podem ter amigas mulheres e mulheres podem ter amigos homens, afinal de contas em que época vivemos?;

*Nunca espere que o outro o faça feliz; ser feliz é SEU dever. Se não é capaz de ser feliz consigo mesmo(a), não será o outro capaz de tal proeza;

*Nunca deixe algo subentendido. Cara feia não tem legenda então fica impossível descobrir algo que o (a) tenha desagradado. É importante saber que de cada desentendimento nasce um tijolo; se conversamos quebramos esse tijolo, mas se deixamos de lado, esses tijolos se transformam em uma parede que poderá sim separá-los pra sempre;

*Nunca deixe que a intimidade atue de forma negativa. Se não temos o hábito de gritar e dizer coisas ruins a estranhos, por que fazer isso com quem estamos juntos?;

*Nunca fale do seu (sua) ex. se não estiver dentro da maturidade do seu relacionamento;

*Nunca use o ciúme como arma. O ciúme é um sentimento perigoso que pode facilmente ser confundido com possessividade e esse nada tem a ver com amor;

*Nunca se esqueça de que entrar em um relacionamento é como passar a fazer parte de um time e quando estamos no mesmo time, jogamos com o mesmo objetivo. Muitas pessoas se esquecem disso e passam a competir um com o outro. Quem está mais certo, quem faz mais coisas, quem se lembrou de mais datas... Tenha um (a) parceiro e não um (a) adversário (a).


No calor do relacionamento as pessoas se esquecem de que são plenamente LIVRES. Livres pra escolher FICAR ou PARTIR. Muitas insistem em relacionamentos enquanto não estão na mesma SINTONIA, no mesmo MOMENTO DA VIDA. No dia em que todos se derem conta disso ainda existirão relacionamentos, mas de forma DIFERENTE... Porque afinal de contas, é muito bom estar acompanhado, mas MELHOR ainda é estar FELIZ!


cintiafujisawa

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Livre de Verdade... Liberdade para Arte

Queria sozinha voar e do alto poder gritar, como é deveras importante saber te valorizar...

terça-feira, 30 de novembro de 2010


Penso, olho, repenso e desejo.
Coisas, apenas coisas.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Quem é você?

Em tempos de redes socias uma das perguntas que mais me intriga é: "Quem sou eu:"

Bem, não vou negar que acho um tanto quanto hipócrita você mesmo dizer o que acha sobre si. Ninguém vai falar dos seus defeitos e das suas esquisitices ... Por isso hoje resolvi escrever sobre quem sou eu:

"Eu sou uma pessoa não mais interessante que outra qualquer; falo muito; costumo magoar pessoas com a minha grosseria e me justificar dizendo que sou sincera. Sou desorganizada, rio alto, falo gesticulando e pegando em quem converso. Uso mais a razão do que o coração e gosto de comer Danoninho com o dedo porque tenho Síndrome de Peter Pan; meu jeito Amelie Poulain. Não gosto de usar roupas muito justas e amo andar descalça. Pra mim não existe certo e errado, existe o que eu penso, o que tu pensas, o que ele pensa, o que nós pensamos, o que vós pensais e o que eles pensam (e se der pra dificultar mais tem gente que o faz). Sou praticíssima, não gosto de prolixidade e não curto pessoas de baixo astral. Dizem que baixinhos são folgados, por isso tenho 1,55m. Minha audição é boa, mas quando não quero conversar sobre algo, ouço muito mal. Admiro quem tem coragem de defender o que pensa, por isso sou assim."

Pense bem em como facilitaríamos as coisas! Com os outros sabendo dos seus defeitos, tudo que viesse depois seria lucro!

E viva a vida! Sem rascunhos, tal qual ela é!

cintiafujisawa

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Vida que voa...

Quando me diziam que eu olharia o mundo de outra forma depois dos 30 eu não levei a sério. Já tenho mesmo a impressão que muita coisa mudou. Sem brincadeira.
Durante a vida nós plantamos coisas que ao longo do tempo vamos colhendo. Sinto que começo a colher as coisas tanto boas quanto ruins.
É engraçado. Coisas que antes não tinham importância passam a ter. Aquele futuro que eu sempre sonhei começa a virar presente.
2010 está sendo um ano realmente bom pra mim. Além do novo escritório, os desafios me trouxeram muita maturidade, alegrias e algumas lições muito importantes. Aquela história de se eu pudesse faria tudo de novo... Quase tudo de novo.
Conselhos são só em caso de vida ou morte, mais pra morte do que pra vida. Quem fala demais perde boas oportunidades de ficar calado.
Não se ajuda ninguém que não pediu sua ajuda. E se pediu, avalie bem se é isso mesmo que a pessoa quer de vc.
Sinceridade é relativo, muitas vezes a sua verdade não é a verdade do outro.
Vc colhe o que vc planta. É clichê, mas é de fato uma das maiores verdades que já me deparei. Isso vale pra mim, isso vale pra vc.
Hoje tenho muitos amigos por conta também da minha dedicação. Nunca deixo de mandar um e-mail ou de ligar sempre que me lembro da pessoa. Mesmo que não possa me encontrar, dou um jeito de dar um alô ou um sinal de fumaça. Por outro lado não converso com muita gente também. Mas o que percebo nessa minha mudança é que hoje consigo ver melhor meus defeitos. Como se eu estivesse vendo tudo de fora. Consigo entender porque não converso com algumas pessoas; as atitudes incorretas que tomei e algumas incorretas que tomaram comigo. O mais estranho é que das vezes que eu me julgava errada e arrependida, vejo que estava certa e das vezes que estava errada, jurava ter razão.
É muito bom viver. É muito bom aprender sempre. Espero um dia poder conversar com algumas dessas pessoas e com boas risadas selar de novo nossa amizade. Inclusive com as que erraram comigo.
Me sinto feliz, me sinto em paz. Aprendi porque é que dizem que a vida que a gente leva é o que a gente leva da vida...

cintiafujisawa

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

TAAZ.COM


Japa loira? Vai a dica: http://www.taaz.com/... Pelo menos rende boas risadas!!!... Beijos

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Euro Trip - Parte I "Paris"

Depois de muitos dias desde a última postagem venho escrever sobre quão rico historicamente e inesquecível é a Europa.

Meu primeiro destino: Paris...


A viagem foi tranquila e a passagem pela imigração também.

Protagonistas dessa trip: Vinicius e eu. E o Vi - ótima companhia pra qualquer viagem. Sempre muito animado e divertido, o que rendeu muitas risadas e boas histórias pra contar.

Outono. Um tanto quanto frio, com pessoas elegantemente vestidas e na maioria das vezes com cores sóbrias, escuras. Nas ruas pude ver exatamente tudo aquilo que um dia li ou estudei a respeito; uma arquitetura impecável, com certo charme tipicamente europeu.

O museu do Louvre... Uma sensação inexplicável; de êxtase. Vênus de Milo junto a muitas outras esculturas gregas e romanas, pinturas de Leonardo da Vinci e peças do antigo Egito. Pra quem conhece um pouco de história da arte é realmente uma experiência única. O Palácio de Versailles - o palácio de todos os reis da França - trazem um pouco da história.

Foi fantático estar dentro do Centre Pompidou. Lá pude visitar uma exposição de arte moderna e conhecer toda a estrutura daquele que só conhecia por fotos e artigos de revista.

Excelente sistema de transporte, com estações de metrô em cada esquina. Boa comunicação visual, porém nem todos os franceses são prestativos no que se refere a dar informações, talvez por não aceitarem muito bem o inglês. Alguns recebem a pergunta em inglês e respondem em francês, que só não é mais difícil que o alemão, ou seja, vc faz a pergunta e continua sem resposta.


Muitos indianos e africanos trabalham por lá. Maior parte do comércio é comandado por eles.

A visita à torre Eiffel é um clássico, portanto não podíamos deixar de conhecer. A estrutura é bem maior do que se pode imaginar! Lá de cima podemos ver Paris, cidade plana com seu charmoso urbanismo às margens do rio Sena. À noite, em hora específica, um show de iluminação no ritmo da música que toca trazendo muita emoção e certo romantismo.

obs: Não vi nenhuma referência histórica à sua participação no Holocausto. É realmente uma pena saber que um lugar tão bonito, tão único, também tenha sido palco do que tão recentemente marcou com tristeza a história da humanidade.

Euro Trip - Parte II "Barcelona"

Segundo destino: Barcelona...

Ahhh Barcelona. Barcelona que traz vagas lembranças do Brasil. Clima mais ameno, roupas mais coloridas, mar límpido e comidas de dar água na boca como a paella e a salada de bacalhau!

O passeio pela La Rambla resume um pouco de Barcelona. Muitos artistas de rua, bancas de flores e restaurantes com suas mesas espalhadas pelo calçadão são as boas-vindas aos muitos e muitos turistas do mundo inteiro.

Os espanhóis, bem mais hostis, muitas vezes se negam a dar informações. Na Espanha me pareceu que o inglês é ainda menos usado que na França. Mas a vantagem é que ao falarmos em português -bem devagar- apesar de ser consideravelmente diferente do espanhol, conseguimos ter ou resolver tudo aquilo que queremos.
O sistema de metrô de Barcelona é bem menor que o de Paris, mas a comunicação visual é impecável. Nem maluco consegue se perder.
Das lojas de souvenires não tem como sair com as mãos vazias. Eles sempre têm uma boa proposta pra fazer, mesmo que vc não queira o que eles tem a oferecer a insistência é tanta que quando menos percebemos estamos saindo com uma sacolinha na mão. 
Antoni Gaudí marca toda Barcelona. Com seus mosaicos e suas obras sinuosas e únicas ele deixou entre muitos outros a casa Batló, Parc Guell e a fase final da Sagrada Família.
Com muitas cores, sabores e aromas a La Boqueria é uma versão mini do mercadão de SP. Lá os turistas ficam maravilhados ao ver com abundância as frutas e tudo aquilo que temos de sobra e que é tão raro - e caro - lá fora.
Próximo destino... Londres...

Euro Trip - Parte III "Londres"

Inglaterra... Terra do povo mais educado que se pode imaginar.

Pra começar o passeio por Londres, uma visita aos portões da Rainha Elizabeth. Assistir a uma encenação da troca da guarda foi um ótimo começo pra entrar no clima inglês.

Lá, segurar um mapa faz com que as pessoas te perguntem se vc precisa de informação e nas estações tem pessoas disponíveis pra ajudar em qualquer eventual problema que possa ter.

Alguns lugares no mundo são para visitar. Mas Londres, Londres é para frequentar. Tudo funciona bem. Os transportes, os serviços... Qualquer outra pessoa que tenha ido pode pensar o contrário, mas foi essa a impressão que eu trouxe de lá.

Nas plataformas dos metrôs a contagem regressiva avisa quando exatamente chegará o próximo trem. Por usar esse mesmo sistema, os pontos de ônibus ficam de costas para a rua.

Os dias são quase sempre cinzas e a chuva uma constante. Mas mesmo assim Londres não perde a sua graça. Big Ben, London Eye, Museu de Cera - Madame Tussauds e Picaddilly Circus faz com que vc não queira voltar tão cedo. Então entendi porque na imigração o rapaz perguntou tantas vezes por que eu tinha ido e o que ia fazer durante o tempo que estivesse por lá, ele ficou com medo que eu resolvesse ficar. rs

Deixamos Londres já com saudades e partimos pra Berlim ...

Euro Trip - Parte IV - Final - "Berlim"

Berlim...

Nada pode ser tão difícil como falar alemão. Ler já é complicado, ser fluente deveria ser considerado grande mérito!

Berlim é pura história. É quase impossível imaginar que ela já passou por tantas coisas como a guerra fria por exemplo. Pedaços mantidos do muro guardam a memória da cidade.

A visita ao monumento em homenagem aos judeus assassinados na Europa foi a melhor e a pior experiência que já vivi um dia.

No subsolo do projeto do arq. Peter Eisenman encontram-se salas onde ficam expostos os arquivos que mostram desde a perseguição, confinamento até o assassinato em massa. Na segunda e mais impressionante sala ficam os cartões postais e cartas enviadas dos campos de concentração para os familiares. Não tenho palavras pra descrever o tamanho da tristeza e do desespero ao ler tudo aquilo. Não tive como não chorar. Estar ali, tão perto da história que sempre nos pareceu só simples história foi muito emocionante.

A visita ao Alexander Platz, lugar que marcou o dia da derrubada do muro de Berlim e a amizade que fizemos com um legítimo judeu, o Israelense Oded, fez com que tudo ficasse ainda mais próximo e real.

Agora, no outono, 16:00h tem cara de 19:00h. Ainda é cedo quando anoitece.

O sistema de transporte também é muito eficiente e as pessoas tão educadas quanto na Inglaterra. Mesmo os que só falam alemão se esforçam com mímicas pra que vc consiga entender.

Berlim assim como todas as outras cidades visitadas me trouxeram bens que jamais poderão ser tirados de mim. A experiência e a cultura.

Lugares tão próximos, mas com culturas tão típicas e variadas que eu sempre poderei somar aos muitos e muitos conhecimentos que ainda estão por vir.

De volta ao Brasil na sexta-feira, na segunda já estava dentro dos trens da CPTM, que podem não ser tão eficientes, mas que confirmam que: Por melhor que seja o lugar, não tem lugar melhor do que a “casa” da gente.

Obrigada por me acompanharem e até a próxima! beijos

sábado, 31 de outubro de 2009

Correndo contra o tempo!

Fazendo projetos, visitando clientes, trocando moedas, arrumando as malas,  comendo errado, dormindo pouco... Espero dar conta de tudo a tempo, pois terminado ou não... Na quarta-feira... 'Au Revoir!'

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

YES MAN! (Sim Senhor!)

Sabe, eu me considero uma pessoa otimista. Tão otimista que às vezes esqueço da realidade. Com base nisso estive pensando que poucas coisas me incomodam tanto quanto a NEGATIVIDADE e o PESSIMISMO.

Não a ponto de incomodar de dar raiva, mas a ponto de merecer explicações. Por isso resolvi postar meu ponto de vista, com intuito de que possam compartilhar comigo os meus motivos.
Por exemplo, quando a gente passeia com alguém negativo; e ainda por cima aquele negativo que costuma completar a sua frase...
Digo eu ao passear serelepe:
"- Hummm... Que cheirinho.." , ""DE COCÔ???"" - Interrompe o ser... Aí completo, "- Não!!!... Café...", entende?
É desse tipo de pessoa que me refiro.
Ou quando a gente está lutando pra se divertir em um bingo de quermesse e a pessoa PESSIMISTA do seu lado: "Certeza que não vamos ganhar, CERTEZA!... Eu nunca ganhei nada na minha vida, não vai ser agora, sabe por quê? Porque eu sei que....", aí alguém lá do OOOUTRO lado grita:
 " - BiiiNGOOooOOooOo!!!!!"
Bom. E é esse tipo de pessoa que geralmente se pergunta: "- Mas por que comigo?".
Man - sejamos sinceros - com vc, porque NADA dá pra dar certo pra alguém que SEMPRE repete que vai dar TUDO errado, manja?
Nada, Sempre, Tudo...
Eu sei, é meio complicado, mas vale pensar a respeito.
Felicidade atrai felicidade, dinheiro atrai dinheiro, educação atrai educação e NEGATIVIDADE e PESSIMISMO atrai azar, gente feia por dentro e chata.
Diga SIM pra vida e a vida dirá SIM pra vc!!!
Think About! Beijos e até a próxima!

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Os Indispensáveis

Estive pensando hoje em como é bom ter amigos.

Eu tenho amigos de todo tipo...
Talvez você se identifique com algum, talvez você realmente seja algum ou conheça alguém parecido...
Tem os amigos de bagunça. Aqueles que não necessariamente sabem das suas lutas, dificuldades, mas de alegria entendem bem. Estão sempre ON no msn, com algum programa já definido, ou preparadísimos pra qualquer convite. Esses são da categoria " solteiros sempre, sozinhos nunca ".
Tem os de infância tipo 1, que na sua grande maioria estiveram ao seu lado na melhor fase da vida, mas hoje são os que você menos encontra. E infância tipo 2. Esses vc vê com frequência e acompanhou os momentos mais importantes das suas vidas... Filhos, casamentos feitos e desfeitos, felicidades, tristezas... Mas isso não significa que o amor por eles sejam diferentes. Quanto mais o tempo passa, maior o carinho e mais engraçadas e nostálgicas as lembranças. Categoria "conte sempre comigo".

Tem aqueles que te surpreendem a cada encontro... Os verdadeiros descobridores intelectuais. Um pouco de dança, um pouco de arte, vinhos, teatro, um pouco de tudo. Aqueles que tornam cada encontro fascinante... Os que vêem muito mais além... Tão malucos os "CAUSOS" que ora vc acha incrível, ora vc pensa... "O que será que ele tomou???"
Tem aqueles que tem o mesmo senso de humor, gênio e pensamentos que o seu. Então fica fácil conversar e ainda mais fácil dar muitas risadas. O problema é conseguir falar. O segredo é levantar o copo; quem o fizer primeiro ganha sua grande chance.
Tem os que não tem nada parecido com vc. Nem gosto, nem senso de humor, nem ponto de vista... Definitivamente NADA! São aqueles que meia hora de contato é suficiente pra uma calorosa discussão de regras e/ou valores, mas que por alguma razão desconhecida você GOSTA DEMAIS DA CONTA!!!
Tem o amigos sentimentais que choram quando o time ganha, quando perde e até quando o time não joga. Tem os que vc conhece há pouco tempo, mas que a afinidade é tão grande que vc quer ao seu lado pra sempre... Tem também os que vc conhece de vista desde criança e se torna muito amigo depois de adulto...
E finalmente aquele pra TODAS AS HORAS. Aquele que cai um fio de cabelo e vc quer ligar pra contar, e tem que ser na hora! 
Existem mil tipos de amigos e todos eles são maravilhosos... quem não gosta de estar cercado deles?

À vcs meu eterno OBRIGADA por tornarem a minha vida muito mais feliz e interessante!

O que Dizem os Astros

Uma das coisas que mais gosto de fazer além de viajar é conhecer pessoas.
Não há nada mais interessante que poder compartilhar de vários pontos de vista diferentes. São tantos os tipos que não dá pra separar em categorias.
Mas uma coisa me intriga...



OS SIGNOS...

Tem quem diga que isso é coisa de mulher, pois é muito comum muitas delas perguntarem efusivamente ao conhecer alguém: " - Qual seu signo?". Eu tenho que confessar que considero tal qual superstições essas previsões anuais, mensais e até mesmo diárias de jornais, revistas e similares (levando em consideração que não tenho embasamento teórico).
Mas de um tempo pra cá, estive lendo a respeito e resolvi postar sobre astrologia no contexto CARACTERÍSTICAS DOS SIGNOS que surpreendentemente apresentam muitos aspectos reais se compararmos com pessoas próximas, aquelas que conhecemos bem; é realmente instigante pesquisar de onde vieram inicialmente essas informações.

"As principais características de cada signo": É lógico que as pessoas do mesmo signo não são idênticas. Cada uma teve uma criação e uma história de vida diferente. Mas as principais características... Essas dificilmente falham.
Que o pisciano é emotivo e justo, que o capricorniano é trabalhador e teimoso, que o leonino é vaidoso e orgulhoso, que o virginiano é metódico e organizado, que o sagitariano é otimista e preza liberdade, que o geminiano é curioso e comunicativo, que o ariano é dinâmico e individualista e por aí vai...
Claro que a toda regra tem sua exceção. Mas até pra isso a astrologia tem as respostas. Além dos signos, as pessoas tem ascendentes que são definidos pela localização e horário do seu nascimento. Pode parecer bem engraçado, ou bobeira de princípio mas se começar a ler a respeito do seu signo vai perceber que poucas são as coisas que fogem totalmente do que considera importante na vida, dos seus defeitos e das suas virtudes.
Bom, minha intenção foi dividir algo que não é consideravelmente importante, mas que pode ser visto como uma boa curiosidade. So... Enjoy!

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

No Aeroporto

Hoje, sentada em frente ao desembarque às 5:30h da manhã, fiquei observando ao redor.
Aeroporto é realmente um lugar interessante.
Enquanto se espera, um bom passatempo é tentar imaginar a história de cada pessoa que está ali.
Um rapaz com sua mala dormindo no banco lateral. Sua mala está etiquetada. Ele perdeu a conexão, ou quem iria buscá-lo perdeu a hora?
Uma moça com olhar ansioso e apreensivo. Uma senhora com os olhos cheio de lágrimas. Várias pessoas com placas nas mãos. Todos olhando para o mesmo lugar... As portas automáticas!
Um grupo de pessoas com faixas e mais faixas... Aguardavam o Beto! O Beto deve ser um cara muito bacana... Ele tem muitos amigos!
O vôo vindo de Narita (Japão) com escala em Frankfurt (Alemanha), trouxe pessoas de todo tipo. Até uma legítima baiana vestida à la Salvador.

Alguns alemães arranhando um português mais ou menos e alguns brasileiros arranhando um inglês nem tão melhor assim.
Malas sóbrias, malas coloridas, malas personalizadas, enroladas em  plástico tipo e diferentes, sacolas com travesseiros.
A cada pessoa que sai pelas tão observadas portas automáticas uma reação diferente. Uns saem correndo... Já sabendo que não tem ninguém os esperando. Uns saem procurando e a cada encontro uma expectativa. Abraços e beijos, uns mais calorosos, outros menos.
Lágrimas de alguns, aperto de mãos de outros.
A palavra mais ouvida é uma só... SAUDADE!!!

Sacolas do Duty Free, caixas de Black e Red Label... Em praticamente todos os carrinhos ao redor.
Pessoas bem felizes por estarem voltando definitivamente pra casa, ou por estarem a passeio... Pessoas bem sérias por estarem a trabalho. 
O vôo atrasou. Já era 7:30h qdo saí de lá, mas o tempo vôou enquanto via e imaginava.
Uma coisa é fato... É sempre muito prazeroso poder observar!
Beijos e até a próxima.

cintiafujisawa

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Desculpas

Outro dia uma pessoa me perguntou: " - Será que eu vou e peço deculpas? Será que vai adiantar?"
Bom... Isso rendeu muita análise...
Desculpas? Tem quem aceite bem... Mas outras... Tem outras que querem muito mais do que isso. Elas exigem que você deveria ter pensado nas causas, nas consequências, em TUDO antes de ter precisado usá-la.
Então, pra quem valem as desculpas? Pra quem ela apaga coisas que foram feitas, palavras que foram ditas?
As pessoas são tão diferentes. O que magoa algumas, não magoa outras... Então fica ainda mais difícil descobrir.
Todos poderiam ter rótulos nas testas dizendo: EU: GOSTO: (lista), NÃO GOSTO: (lista), AINDA NÃO DECIDI SE GOSTO OU NÃO GOSTO: (lista) - ops, seria nesse último ponto que deveríamos ficar atentos.
Por isso fazer amizades é um grande desafio, pois o que realmente importa pra algumas pessoas não importa NADA pra outras.
Eu particularmente esqueço brigas de facas no dia seguinte. Não acho que as pessoas tenham que ser "durinhas", "robozinhas" que devam ficar se policiando 24h pelo que fazem ou dizem. A vida é essa, sem rescunho. É comum que poucas coisas saiam conforme o planejado. Não é todo dia que estamos bem então com o outro é mesma coisa. Ainda digo mais... Não faço questão das desculpas. Não que me incomode, mas prefiro me concentrar no que a pessoa significa pra mim. Se é uma pessoa de boa índole, que eu saiba ou que aparente ser, prefiro que passemos direto pelo que já foi e possamos seguir o resto do caminho... juntos ou não, porém sem ressentimentos.
Já dizia Shakespeare... "Guardar ressentimentos é como tomar veneno e esperar que o outro morra".
Portanto, se quer ter bons amigos, pessoas bacanas ao seu redor (e principalemnte se já os tem), não dificulte as coisas. Seja  mais claro - menos subjetivo possível. Assim ninguém vai precisar quebrar a cabeça pra saber o que te agrada ou não, fazendo menos cara feia e conversando mais sobre suas idéias, opiniões!!!

TORNEMOS A VIDA MAIS SIMPLES!!!!

Mas antes de pensar a respeito me diga... Qual o valor das desculpas pra vc?

cintiafujisawa

Hoje eu sei...

Hoje eu sei que só é capaz de ser feliz com alguém aquele que realmente tem a certeza de que é feliz consigo mesmo.

É tolice pensar que exista alguém que seja a sua metade... Que exista alguém que irá te completar.

Devemos por conta própria nos sentirmos completos pra então encontrar outro que também o seja. Assim não haverá mais cobranças e nem tantos motivos para as brigas.

Será póssível encontrar sua felicidade na felicidade do outro e sentir na conquista do outro sua própria conquista.

Felicidade no relacionamento é estar com o outro porque você admira. Porque soma positivamente, sem significar que você dependa disso pra continuar caso a pessoa não esteja presente. Seja por uma longa viagem, ou porque foi até ali com os amigos.

É enfim entender que um casal de verdade não é formado de duas metades e sim de dois inteiros.

É estarem juntos porque querem e não porque precisam.

cintiafujisawa

Ao meu sempre amado Vini Mazzini...

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Um Dia pra Relembrar

Se você fizesse hoje uma retrospectiva da sua vida o que valeria a pena relembrar?
Quantas vezes realizou um sonho ou quantas vezes se permitiu sonhar?
Cada pessoa tem um passado, portanto não existe parâmetro para comparação. Mas a partir de sempre, todas as lembranças boas e ruins que tem e teve só dependeu do seu ponto de vista.
Tudo depende da forma que quer ver e do legado que quer deixar.
A vida é um mistério, ninguém sabe exatamete o que estamos fazendo aqui. Então descubra você. Decida o que veio fazer e tome isso como diretriz.
Esquecer o quanto é bom ser feliz é ainda pior do que nunca ter sabido.
Você tem senso de humor? É solidário com as causas alheias? Quantas vezes sorri em 1 dia? E há quanto tempo não dá boas gargalhadas?
Não perca oportunidades, se arrisque mais. Se cair... Do chão não passará; e quando levantar estará ainda mais forte (e experiente) e então irá saltar de uma altura ainda maior... E uma hora há de dar certo e esse dia sim... Esse será um dia pra relembrar

cintiafujisawa

Uma Situação Bem Familiar


Pega o carro e sai em direção à rodovia. Uma hora meia de trânsito. Um trecho anda, outro pára. Em meio à confusão uma olhadinha ao redor... Um homem come biscoito... Uma mulher passa batom... O menino dorme. Quem estará indo trabalhar e quem vai passear?
Uma lida na placa do carro da frente... Jarinu... Onde será que isso fica?
Passa então por um carro quebrado... Será esse o motivo de tanto trânsito?

Agora a 70km/h, já dentro da cidade é possível observar. SP é bonita... É uma pena tanta pressa. Assim fica difícil reparar no seu ar tristonho, azul-acinzentado mas elegante até.
Todos os dias os edifícios estão lá olhando tudo do alto. O mais interessante é que todos os dias eles parecem diferentes. Mesmo sendo os mesmos? Mesmo sendo os mesmos!

Acende os faróis, passa pelo túnel que em alguns dias 5min. e outros 45min. Uma sensação meio estranha. Meio futurista.
Listras de luzes vão ficando para trás seguidas de mais e mais listras. Como que levasse a uma viagem no tempo. Dá até pra pensar um pouco na vida porque as luzes custam a acabar.
Sai do escuro do túnel e aperta os olhos. A luz forte da manhã vem seguida de torres cobertas por aço e muito vidro.
Um semáforo, dois, três... Um menino faz malabares. Na mão dele três laranjas. Será que ele chupa essas laranjas no fim do dia?
O homem buzina numa constante... Mas ele quem estava errado.
A moça buzina de volta pensativa: "Será eu culpada?". Rápido, tudo bem rápido, confuso e engraçado.
O caminho parece não ter fim.
Mais um semáforo. Esse é mais demorado. E não tem ninguém pedindo, vendendo, oferecendo serviços... Ao lado um homem fala alto junto à música também alta. O vidro está fechado. Ele canta ou fala ao celular? Talvez no handsfree?...
Buzina, buzina, buzina bem ardido e lá vem ele, conforme esperado. O primeiro de uma enorme fila de motoqueiros. Quem deixou para última hora cair pra direita pode considerar sua saída perdida.
Uma lida no outdoor, uma lida no impresso no vidro traseiro do ônibus... Uma olhada pro marronzinho. Ele balança a cabeça... Estará paquerando ou... (...) que dia é hoje? PQP... rodízio.
Anda, pára; anda, pára... E nem tem mais semáforos por aqui.
Um motoqueiro caído no chão. Como será que aconteceu? Será que ele ficará bem?
Logo em frente um carro emparelhado com um táxi pede informação. Tem uma chinesa... coreana, ou japonesa - whatever - buzinando para o taxista.
Chega na rua... Randômica... Sem relações como direita pares e esquerda ímpares.
Tem um trailler de hot dog em frente ao prédio. Às 7 da manhã?
Estaciona... Zona azul. No trailler R$5,00 a folha para 1h; dois quarteirões além R$1,80 a mesma hora.
De salto, vale quanto o trailler quiser cobrar. Um dia inteiro ainda pela frente; um outro texto inteiro ainda pela volta.
cintiafujisawa